Equipe

Mike

Laura Lopes

Meu nome é Laura Lopes. Fotografia é a minha paixão. Eu tive contato com a arte desde pequena, incentivada pelo meu pai. Leio tudo que encontro sobre o assunto, consumo podcasts, tutoriais e o que mais encontrar pela Internet.

Eu vivo e respiro fotografia.

Fiz minhas primeiras tentativas com uma Love. Várias Love, na verdade. A Love era uma câmera “descartável”. A gente girava em cima para avançar o filme, podia colocar ou não flash. Depois, na loja, quando mandava revelar, saía com uma Love “novinha”! Qualquer criança amava isso!

Depois subi de nível no conceito do meu pai e ele me deu uma Yashica MF-3. Uma câmera compacta, leve e que tirava fotos boas, apesar de não poder ajustar praticamente nada, só se ia ter flash ou não! Ah, também tinha um ajuste para a ASA do filme, 100 ou 400.

Já na faculdade, aprendi mesmo a fotografar com a câmera do meu pai, uma Yashica FX-D. Isso lá nos velhos tempos, onde nem existia fotografia digital! Aprendi sobre obturador, diafragma, ASA, foco. Tive aula na faculdade e tirei fotos lindíssimas com a câmera do meu pai. Até fiz um álbum em P&B nas Bodas de Ouro dos meus avós. Um dia eu passo tudo isso no scanner.

Em 2005 comprei uma Canon Powershot S80. É uma câmera pequena, portátil, porém totalmente manual e que me permite obter resultados fantásticos! O visor LCD dela hoje está estragado, porém ela ainda faz fotos muito bacanas. Mas tem que confiar na experiência (ou na sorte), já que não dá para ver o resultado da foto na hora.

Em 2013 ganhei do meu marido uma câmera semi-profissional de presente de aniversário (bem) adiantado. E rapidamente voltei a ser apaixonada pela arte, fazendo fotos de natureza, retratos e fotos de pets. Não satisfeita, passei a fotografar pessoas e simplesmente me encontrei. Era tudo o que eu queria fazer e adotei a fotografia como minha profissão. Rapidamente investi nas minhas lentes favoritas e hoje tenho um kit mirrorless inseparável que levo comigo para todos os ensaios e eventos!
 


Jess

Natália Mansur

Fotografia sempre foi uma diversão para mim, adorava pegar aquelas câmeras pretas e analógicas de 1990 e ficar disparando fotos pela casa, mesmo sem filme, só para escutar o barulho e girar a pose.

Comecei fotografando meus aniversários e depois os amigos na escola, pedia para minha mãe revelar as fotos e sempre tinha várias que ficavam sem foco. Azar! O legal era fazer um painel com todos meus momentos.

A tecnologia foi evoluindo e pedi de Natal uma câmera digital Olympus, essa sofreu, coitada! Minha adolescência foi toda registrada por ela, aprendi a arte da composição com ela, fiz meu primeiro curso de fotografia digital com ela, mas foi em 2011 que juntei dinheiro das minhas férias do meu primeiro emprego e comprei uma Nikon D3000 e embarquei de vez no mundo das imagens, ISO, balanço de branco, obturador, lentes, informações por todos os lados, foram cursos, workshop, youtube, me afoguei num mar de conhecimento e técnicas para chegar na então Fullframe Nikon D610.

Hoje, tenho orgulho de dizer que trabalho como fotógrafa, pois vibro com cada ensaio que fazemos, cada resultado amor que conquistamos, me sinto muito à vontade com retratos, espontaneidade, registrar as emoções de cada momento. Se me perguntarem se já estou pronta profissionalmente? Responderei que o aprendizado nunca acaba…

Prazer, sou Natália Mansur, fotógrafa, turismóloga, estudante de arquitetura, dançarina circense, amante de todas as formas de expressão artística 😉


Swirl Top

Ficou interessada?

Que tal agendar um café? Podemos marcar uma visita na sua casa também! Eu levo o meu portfólio e amostras de álbuns lindos que tenho comigo!

Entre em contato pelo formulário para saber mais detalhes.

ContatoSwirl Bottom